SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DA INDÚSTRIA TÊXTIL: APLICAÇÕES ENZIMÁTICAS NO TRATAMENTO DE EFLUENTES

  • Gabriel Faccioli
  • Luis Antonio Barbosa
  • Sara Monise de Oliveira
  • Joaquim M. F. Antunes Neto

Resumo

A eficiência e eficácia dos resultados obtidos pelas organizações é reflexo da melhoria das condições tecnológicas e das exigências de competitividade nos mais diversos segmentos. Independentemente do processo produtivo, existe uma grande demanda de responsabilidade para com o meio ambiente e a relação que a empresa tem com o meio externo. A água possui um papel fundamental tanto para com preservação da vida quanto para a atividade industrial e são visíveis os problemas de escassez do recurso hídrico. A indústria têxtil, além de ser um segmento muito antigo, desempenha um papel muito importante no cenário econômico brasileiro. Entretanto, o setor gera grandes quantidades de efluentes, que se despejados de maneira inadequada, acabam comprometendo o ecossistema aquático. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é presentar as estratégias de aplicação de enzimas no tratamento de efluentes do segmento têxtil. Para melhor conhecimento desta temática, inicialmente realizou-se uma revisão bibliográfica narrativa para a fundamentação teórica. Na sequência, utilizou-se de uma abordagem sistemática do problema, com a análise de estudos de casos referentes a aplicabilidade das enzimas no setor têxtil para o tratamento e descoloração de efluentes. Desta forma, pôde-se responder à questão norteadora de pesquisa. Os principais resultados mostram que as enzimas, inclusive as sintetizadas a partir de fungos, constituem uma importante alternativa para o tratamento e descoloração de efluentes. Várias enzimas são empregadas com esse objetivo, porém, a mais utilizada e promissora neste estudo, foi a lacase. Assim, observou-se que um maior conhecimento catalítico para sua utilização vantajosa na promoção de reações enzimáticas mais efetivas pode vir a colaborar com o progresso desta área acadêmica.

Publicado
2020-05-26