O PAPEL DO ENFERMEIRO NAS TRÊS PRIMEIRAS HORAS PÓS ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO

  • Benedito Cherbéu Dlessandre Oliveira
  • Elaine Aparecida Almeida
  • Michelle da Silva Zambelan

Resumo

O Acidente Vascular Encefálico (AVE) está em segundo lugar entre as doenças que mais matam no mundo, estimando-se que o número de casos aumentará para 7,8 milhões em 2030. Com o objetivo de identificar a importância do atendimento do enfermeiro nas três primeiras horas do AVE, o estudo utilizou-se de um questionário que foi respondido por seis enfermeiros atuantes no setor de urgência hospitalar. Identificou-se que todos possuem conhecimento sobre o protocolo do atendimento do AVE utilizado na instituição e estão capacitados para a assistência ao cliente e orientação da equipe em relação às suas funções. Foi possível inferir ao enfermeiro, papel fundamental no atendimento nas três primeiras horas do início dos sintomas de AVE, participando do gerenciamento de cuidados, devendo possuir competências e habilidades para uma assistência de qualidade, individualizada e integral.

Publicado
2020-05-26